Novembro Azul, 03/nov/2015

Em 2015, cerca de 68 mil brasileiros receberão diagnóstico do Câncer de Próstata, sendo a segunda causa de morte por câncer entre homens. A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz que só os homens têm, fica logo abaixo da bexiga e na frente do reto e a uretra, o canal que transporta urina passa através dela. A próstata contém pequeninas glândulas especializadas que produzem parte do líquido seminal ou sêmen, que protege e nutre os espermatozoides, mas que com a doença há um crescimento exagerado e desordenado das mesmas.

Sinais e Sintomas:
• Urinar frequentemente.
• Fluxo urinário fraco ou interrompido.
• Impotência.
• Sangue na urina ou no líquido seminal.
• Dor ou ardor durante a urina.
• Fraqueza ou dormência nas pernas ou pés.
• Perda do controle da bexiga ou intestino devido à pressão do tumor sobre a medula espinhal.

Se a doença se espalhou, o homem pode apresentar sintomas como dor nas costas, quadris, coxas, ombros ou outros ossos.

Diagnóstico:
 O Câncer de Próstata pode demorar a se manifestar, exigindo exames preventivos constantes para não ser descoberta em estágio avançado e potencialmente fatal. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA (Exame de Sangue) e no exame de toque retal, que são complementares.

Tratamento:
O tratamento do Câncer da Próstata inclui vários procedimentos, podendo envolver cirurgia, radioterapia, uso de hormônios ou quimioterapia. A escolha do tratamento ideal é feita dependendo do estágio da doença e das características de cada paciente.