Trabalhadores do setor de instrumentos musicais e brinquedos estão em campanha salarial e social

Nessa semana, foi realizada a primeira rodada de negociação do setor de instrumentos musicais. Dirigentes do STI Instrumentos Musicais e Brinquedos, que é presidido por Maria Auxiliadora dos Santos, recusaram a proposta patronal porque ela não condiz com a realidade do setor.

Pauta de reivindicações

Aprovada em assembleia realizada no dia 17 de abril, a pauta de reinvindicações econômicas e sociais conta com os seguintes pontos: reposição das perdas salariais, aumento real de 5%, garantia da cesta básica gratuita de 30kg, garantia do convênio médico gratuito para os trabalhadores (as) e seus dependentes, mudança da data-base para 1º de agosto e participação nos lucros e resultados, além da garantia das cláusulas já conquistadas.

A pauta foi entregue no dia 24 de abril aos representantes patronais e a próxima rodada de negociação está agendada para o dia 14 de maio, às 14h, na sede do STI Instrumentos Musicais e Brinquedos.