Política

Marco Aurélio divide investigação sobre Renan e envia parte sobre filho dele ao STJ

Marco Aurélio divide investigação sobre Renan e envia parte sobre filho dele ao STJ

Política
Caso envolve suspeitas sobre irregularidades na construção do Canal do Sertão Alagoano. Parte sobre Renan Filho foi para o STJ porque ele é governador de Alagoas. Imagem mostra o senador Renan Calheiros (Foto: Reprodução/G1) O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello dividiu uma das investigações em andamento sobre o suposto envolvimento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) em irregularidades relatadas por delatores da Odebrecht. Marco Aurélio remeteu a parte envolvendo o filho dele, Renan Filho, para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), isso porque cabe à Corte julgar governadores e Renan Filho é governador de Alagoas. O caso envolve suspeitas sobre irregularidades na construção do Canal do Sertão Alagoano. Segundo delatores da Odebrecht
Gilmar Mendes será o relator de ação contra decreto que extinguiu Renca

Gilmar Mendes será o relator de ação contra decreto que extinguiu Renca

Política
Decreto do governo tem recebido críticas de diversos setores da sociedade e tem sido alvo de contestações judiciais. Planalto afirma que reserva 'não é um paraíso' e sofre ações do garimpo ilegal. imagem mostra o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes (Foto: Nelson Jr./SCO/STF) ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes será o relator de uma ação contra o decreto do presidente Michel Temer que extinguiu a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), área entre os estados do Pará e do Amapá. Inicialmente, na semana passada, o governo publicou um decreto extinguindo a Renca sob a argumentação de que a reserva "não é um paraíso" e que existe garimpo ilegal na região. O decreto foi alvo de críticas de vários setores da sociedade. Nesta